Ecologia, Sustentabilidade e Produção Agrícola e Pecuária
A Pecuária não pode ficar de fora desse processo. Podemos falar sim, numa Pecuária Sustentável.
Ecologia, Sustentabilidade e Produção Agrícola e Pecuária

Nos dias de hoje muito se fala em Ecologia, Sustentabilidade e Energia Limpa e Renovável.

A pergunta que se impõe é – Como adotar essas práticas, que sabemos é da maior importância para a sobrevivência do planeta e mais do que isso, a própria sobrevivência dos seres humanos?

Longe das palavras vazias e dos slogans que emolduram nossas conversas diárias precisamos alinhar medidas concretas que levem a esse mundo melhor. É exatamente aí que entra a adoção de boas práticas. Boas práticas de seleção de sementes, de preparação de mudas resistentes às pragas e doenças, preparo e renovação dos solos, entre outras medidas.

A Pecuária não pode ficar de fora desse processo. Podemos falar sim, numa Pecuária Sustentável.

Basta para isso adotarmos uma postura de pesquisadores dedicados a descobrir e adotar as melhores práticas e manejos.

A FOME É MAIOR QUE A PRODUÇÃO DE ALIMENTOS

Dados da Unesco mostram que embora várias regiões do planeta venham produzindo cada vez mais alimentos para consumo animal e também humano, devemos ter em mente que a FOME ainda é maior do que a PRODUÇÃO DE ALIMENTOS.

A população humana cresce a cada dia e as intempéries climáticas acompanham esse crescimento numa velocidade assustadora. Longe do alarmismo descabido é necessário um alerta consciente. Se não adotarmos uma postura conservacionista e drástica, dentro de décadas perderemos a batalha. Populações serão dizimadas e a própria existência estará ameaçada.

Embora o tom das palavras acima revelem uma preocupação alarmista, não é esse o intuito do presente artigo. É apenas um alerta para que atitudes salutares sejam tomadas a tempo.

Em algumas discussões acadêmicas a atividade pecuária figura como vilã devido às emissões de gases para a atmosfera terrestre contribuindo para o efeito estufa. Não podemos nos esquecer do papel fundamental da pecuária (bovinocultura, ovinos e caprinos, além da suinocultura) desempenham para a alimentação de contingente a cada dia maior de seres humanos. Existe a ainda a produção pecuária que depende da agricultura extensiva para a produção de rações e farelos para a manutenção da cadeia alimentar.

O ser humano não vive isolado no planeta. Existe toda uma cadeia cujos elos misturam-se aos demais seres viventes. É uma interdependência ligada às vezes por fios tênues que depende totalmente da manutenção da vida.

A busca incessante por água potável, de qualidade e limpa torna-se imperiosa. Tanto a agricultura, como a pecuária e outras atividades humanas são dependentes entre sí. A aquicultura e a piscicultura são fundamentais para a alimentação humana e também dependem da existência de farelos e rações oriundas do plantio do milho, da soja, do sorgo, aveia e trigo entre outras culturas.

A pergunta que fica latejando até o próximo artigo é

-Que práticas adotar, que providencias devem ser adotadas para que as previsões pessimistas não se confirmem?

A resposta poderá estar nos próximos artigos.

Como diria o humorista “Não deixe de perder”!

  • Data
    Senepol: Uma raça precoce

    Garrotes iniciam vida reprodutiva mais cedo

    Pela elevada taxa de crescimento, os garrotes atingem pesos corporais mais rapidamente, o que consequentemente os faz ap [...]

    32
  • Data
    Preço do farelo de soja sobe 3% e eleva custo da pecuária

    O dólar em alta e a demanda firme deram sustentação aos preços da soja grão neste início de ano no Centro-Sul do país, que está iniciando a colheita do ciclo 2019/2020. A cotação do farelo de soja acompanhou esse movimento e subiu 3,3% em [...]

    46